SINDASP-MG visita unidade de Ouro Preto após princípio de motim

13 Jul 19:18 2017 Por SINDASP Imprimir
O Presidente do SINDASP-MG Adeilton Rocha esteve no Presídio de Ouro Preto após o princípio de motim registrado ontem (12.07). Para verificar a situação da unidade e cobrar providências urgentes aos órgãos responsáveis, Adeilton realizou uma inspeção sindical no local e conversou com os Agentes. Logo na entrada, já foi possível perceber a vulnerabilidade do Presídio, que não possui portaria e possui apenas três guaritas que ficam vazias por falta de efetivo, ou seja, totalmente sem segurança. A escola funciona também do lado de fora dos pavilhões, ao fundo da unidade, ou seja, os presos caminham por cerca de 80 metros com acesso a todas estas falhas de segurança. Já dentro da unidade, foram identificados outros problemas na estrutura, os Agentes não possuem refeitório e não há espaços adequados para a realização dos procedimentos de revista, as salas utilizadas atualmente são improvisadas. Além disso, a superlotação também é evidente na unidade que possui, atualmente, mais que o dobro de sua capacidade: 100 vagas para 202 presos. O presídio possui apenas um pavilhão que compreende celas femininas e masculinas, em desconformidade com Lei de Execução Penal. O efetivo da unidade também é extremamente baixo, são apenas 55 agentes locados na unidade e, em setembro, este número será ainda menor com o fim de 25 contratos. Também faltam equipamentos na unidade, que não possui nenhum rádio de comunicação sequer. No momento do tumulto, os ASPs possuíam apenas 30 munições antimotins e nenhum material de contenção, pois estavam todos vencidos há tempos. A unidade possui apenas uma viatura, totalmente sem manutenção. Com a falta de veículos, a ambulância está tendo que ser utilizada nas escoltas. Todas estas questões foram registradas e serão levadas aos órgãos responsáveis para conhecimento juntamente com a cobrança por soluções urgentes, visto a gravidade da situação. O tumulto de ontem (12.07), por pouco, não tomou maiores proporções.

Notícias relacionadas