SINDASP-MG se reúne com agentes de Patrocínio para buscar medidas urgentes diante das ameaças de ataques por presos do PCC

5 Out 08:35 2016 Por SINDASP Imprimir

O SINDASP-MG, representado pelo Diretor Executivo Daniel Anunciação, pelo Diretor Estadual Cássio Valério Dutra e pelo Advogado da Subsede de Uberlândia William Domingos, esteve no município de Patrocínio para tratar sobre as dificuldades enfrentadas pelos agentes, principalmente no que tange à falta segurança diante das ameaças feitas por criminosos integrantes do PCC.

Logo no início da reunião, os ASPs presentes relataram a situação de risco ao qual são submetidos todos os dias tanto dentro quanto fora da unidade. Segundo eles, as ameaças dos presos têm sido constantes e têm tirado o sossego dos agentes e de suas famílias. Alguns nomes, inclusive, foram citados pelo encarcerados como alvo de ataques da organização criminosa.

Os Agentes relataram ainda que os presos já fizeram diversas ameaças que inclui “quebrar” a cadeia, matar agentes e disparar contra o ônibus de transporte dos servidores. Desde o início de agosto, os encarcerados estão em greve e, nesse período, já foram ouvidas frases como “a hora está chegando” e “estão esperando a ordem para quebrar”.

Diante do exposto, os presentes definiram algumas medidas a serem tomadas em caráter de urgência a fim de evitar qualquer ataque aos Agentes, reforçando a segurança e abrindo investigações quanto aos envolvidos para pôr fim às ameaças. O SINDASP-MG se comprometeu a acionar as autoridades da SEDS, o Ministério Público e as Polícias Civil e Militar, a fim de reforçar, imediatamente, a segurança nos trajetos mais utilizados pelos ASPs até a unidade, inclusive com escolta dos ônibus.

Além disso, será solicitada à SEDS o acautelamento de EPIs (Equipamentos de Segurança Individual), principalmente de coletes, para a segurança dos Agentes. Será solicitado também a separação do estacionamento, que atualmente é utilizado tanto por Servidores quanto por visitantes, deixando livre o acesso aos veículos dos Agentes.

Por fim, os agentes reforçaram o pedido de ajuda e agradeceram o apoio do SINDASP-MG, que já está acionando todos os órgãos mencionados e cobrando ações urgentes para o caso.

Notícias relacionadas