SINDASP-MG realiza nova inspeção sindical no Presídio de Sabará para acompanhar a situação após motim

11 Jan 09:30 2017 Por SINDASP Imprimir

O Presidente do SINDASP-MG Adeilton Rocha e o Diretor Daniel Anunciação estiveram, ontem (10.01), no Presídio de Sabará para acompanhar a situação da unidade em uma nova inspeção sindical após o motim ocorrido em outubro do ano passado. 

A primeira inspeção, realizada um dia após o ocorrido, apontou uma série de problemas de infraestrutura, além de um grande déficit de agentes e celas superlotadas. Desde então, mesmo a situação tendo sido relatada e formalizada à SEAP, nada foi feito. Na realidade, segundo Adeilton, o estado da unidade só piorou.

Assim como vistoriado após o motim, a nova inspeção apontou que a unidade continua desguarnecida com a falta de um muro na área que dá acesso à horta. Não há qualquer isolamento físico aos fundos da unidade, que conta apenas com a segurança feita pelos próprios Agentes. 

A unidade não possui portaria, nem mesmo uma gaiola que separe as celas dos demais setores do presídio. O trinco da porta lateral que foi danificado durante o motim sequer foi trocado. Três veículos estão parados por falta de manutenção.

Para piorar a situação, a população carcerária ainda aumentou de 130 para 153 detentos, com apenas 43 Agentes Penitenciários para fazer a segurança do local. 

Todas as constatações foram registradas e um novo relatório será entregue à SEAP e ao Ministério Público.

 

Foto: Gustavo Andrade - Jornal O Tempo

Notícias relacionadas