SINDASP-MG participa de Audiência Pública contra a Reforma da Previdência

14 Jul 20:31 2020 Por SINDASP Imprimir

O SINDASP-MG participou, na manhã desta terça-feira (14.07), de uma Audiência Pública informal realizada pelos parlamentares da ALMG que, assim como algumas as lideranças sindicais e categorias da Segurança Pública e de outras áreas do funcionalismo público estadual como saúde e meio ambiente, não aceitaram o debate remoto da Reforma da Previdência. Estes representantes cobram a suspensão imediata do trâmite das reformas da previdência e administrativa enviadas pelo Governador Romeu Zema, não somente a votação.

Após debates entre parlamentares e representantes na área externa na Assembleia, ao mesmo tempo em que se realizava uma audiência remota dentro da casa, os presentes deliberaram que será elaborado um requerimento exigindo a suspensão imediata do trâmite da PEC 55/2020 e do PLC 46/2020 até a retomada dos trabalhos com a presença do público e a realização de uma nova manifestação na próxima terça-feira (21.07), às 8h, em frente a ALMG.

Concomitantemente à Audiência Pública na capital, diversas manifestações foram realizadas no interior como em Uberaba, Uberlândia, Patos de Minas, Patrocínio, Paracatu, Carmo do Paranaíba, Araxá, Governador Valadares, Juiz de Fora, Unaí, João Pinheiro, dentre outras.

O SINDASP-MG parabeniza os servidores que participaram das manifestações em todo o Estado e convoca agora toda a categoria para participar do ato da próxima terça-feira (21.07), às 8h, na ALMG. A participação de todos os Policiais Penais, da capital e do interior, é de suma importância e necessária para mostrar a força do Sistema Prisional e impedir que o pacote de maldades do Governador Zema seja levado a diante.

Notícias relacionadas