SINDASP-MG participa de ato contra o veto ao projeto de reposição inflacionária dos servidores da Segurança

17 Mar 17:39 2020 Por SINDASP Imprimir

O Presidente do SINDASP-MG Cláudio Costa participou hoje (17.03) do ato contra o veto parcial do governador Zema ao Projeto de reposição inflacionária dos servidores da Segurança Pública. Por recomendação dos órgãos oficiais de saúde, os representantes das entidades sindicais, associações e servidores da Segurança acompanharam a Audiência Pública da Comissão de Segurança Pública pelo telão externo na ALMG.

Durante a audiência, os deputados presentes debateram e criticaram duramente o veto parcial do Governador, mantendo apenas a correção de 13% para os servidores da segurança, descumprindo assim o compromisso estabelecido com os representes da classe e recuando a proposta vinda do próprio Executivo. Parlamentares de diversos partidos se posicionaram contra a sanção parcial e a favor da derrubada do veto e lembraram que os projetos de reajustes do Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas e Ministério Público foram todos sancionados no último sábado.

Os representantes da Segurança Pública se comprometeram a iniciar uma campanha entre os líderes dos blocos e bancadas para se unirem contra os vetos do Governo.

Ao término da audiência, os deputados que convocaram o movimento junto às entidades representativas da Segurança Pública foram até o saguão da Assembleia para conversar com os manifestantes presentes, dando prosseguimento ao ato e convocando a classe para ações estratégicas para que os vetos do Governador Zema aos Artigos 2° e 3° da Lei 23597/2020 que trata da Recomposição Salarial sejam derrubados na Assembleia. As lideranças passaram as orientações para suas bases:

- Enviar mensagens (via mídias sociais) personalizadas aos Deputados Estaduais pedindo a derrubada dos vetos, nos referidos artigos (Obs.: Lembrando que as ações e mensagens aos Deputados Estaduais devem ser pautadas pelo respeito);

- A base de cada Deputado Estadual deverá cobrá-lo pela derrubada dos vetos aos Artigos 2° e 3° da Lei 23597/20, seja por mídia social, telefone ou mesmo de forma presencial, ainda que a pandemia do Coronavírus dificulte essa última;

- Os representantes classistas, em nome das instituições que representam, devem enviar e-mails aos Parlamentares da ALMG pedindo a derrubada dos vetos aos Artigos 2° e 3°;

Em seguida, os manifestantes se dirigiram à Rua Rodrigues Caldas, ao lado da Assembleia, fechando a via por cerca de meia hora.

Em seu discurso, o Presidente do SINDASP-MG Cláudio Costa pediu coerência aos deputados na votação dos vetos para que esta mobilização não se torne um movimento ainda maior afetando o serviço prestado pela Segurança Pública do Estado “Será que o Estado está preparado para enfrentar um movimento paredista? ”, ressaltou.

Por fim, os deputados e lideranças sindicais pediram a todos que se mantenham mobilizados e busquem o apoio em suas bases para derrubada dos vetos.

SEM LUTA NÃO HÁ CONQUISTA!

 

Notícias relacionadas