SINDASP-MG encaminha proposta de criação de GT para elaborar uma resolução sobre aquisição de arma restrita

10 Fev 17:12 2017 Por SINDASP Imprimir

O Diretor do SINDASP-MG Wanderson Costa encaminhou, hoje (10.02), a proposta de criação do Grupo de Trabalho para elaborar a resolução que definirá o regramento interno sobre a aquisição de armamento (restrito e irrestrito) direto da indústria. A proposta prevê a participação de ASPs e membros da SEAP no GT.

O documento pede urgência no processo de elaboração e publicação da proposta, frente aos últimos acontecimentos que resultaram na morte de vários companheiros. Mesmo diante deste cenário de violência, muitos agentes ainda se encontram desguarnecidos.

A proposta também faz referência à Portaria do Exército, regulamentada em março de 2015, que prevê “normas para a aquisição, na indústria nacional, o registro, o cadastro e a transferência de propriedade de arma de fogo de uso restrito, para uso particular, por integrantes do quadro efetivo de agentes e guardas prisionais e dá outras providências”.

Imediatamente após a conclusão dos trabalhos, o texto elaborado pelo grupo será encaminhado ao Secretário para conseguinte publicação.

Veja o documento protocolado:

Ofício Arma Restrita

Notícias relacionadas