SINDASP-MG cobra transparência nos critérios da perícia médica do Concurso ASP/ASE 2013

10 Fev 11:31 2017 Por SINDASP Imprimir

A convite do Assessor de Relações Sindicais, Carlos Calazans, o SINDASP-MG se reuniu com representantes da SEPLAG, do RH da SSP e SEAP, com a Superintendente da Central de Pericia Medica, Roseli da Costa Oliveira, e membros da Comissão do Concurso ASP/ASE 2013 para debater os critérios de seleção da perícia.

Os candidatos questionaram a subjetividade dos peritos nas avaliações de PCD para o concurso ASE. A Superintendente informou que alguns critérios são determinados por valores, como o grau de acuidade visual de 20/20, outros realmente necessitam de uma análise mais interpretativa.

O SINDASP-MG cobrou mais transparência nos critérios de avaliação dos candidatos, principalmente nos psiquiátricos, onde a subjetividade é ainda mais presente.

Uma nova reunião será realizada no próximo dia 20 para tratar das nomeações e posses dos candidatos.

Notícias relacionadas