SINDASP-MG cobra soluções urgentes para questões que se encontram estagnadas no Governo

16 Nov 10:38 2016 Por SINDASP Imprimir

Na manhã de hoje (10.11), o SINDASP-MG, na figura do Presidente Adeilton Rocha e dos Diretores Daniel Anunciação e Wanderson Costa, esteve reunido com o Secretário Adjunto de Administração Prisional, Robson Lucas da Silva, e o com o Subsecretário da SULOG, Wilson Gomes, para tratar de assuntos relevantes do Sistema Prisional, inclusive da preparação para o final do ano, período no qual fugas e motins são mais frequentes. Adeilton ressaltou a importância de se arquitetar estratégias para manter-se a ordem nas unidades e conter possíveis tumultos.

O SINDASP-MG pediu que se desse continuidade nos assuntos que estão estagnados na pasta como o caso da Carga Horária, que foi exaustivamente cobrada e levada à discussão pelo SINDASP-MG desde de junho deste ano, mas que até agora não teve nenhuma solução por parte do Governo. Diante da cobrança, a SULOG agendou uma reunião para a próxima quarta-feira para encontrar uma solução definitiva para a questão.

As Promoções que estão em atraso também foram pauta da reunião. O Governo informou que todas a Promoções dos ASPs já estão na SEPLAG para publicação. Porém, o SINDASP-MG questionou porque até hoje esta questão não foi resolvida e insistiu para que a SEAP cobre da SEPLAG uma resposta urgente e as publicações para os próximos dias.

Os diretores do SINDASP-MG também cobraram a publicação do decreto de competência da estruturação da SEAP, que já foi instaurada, através da Reforma Administrativa, há quase 4 meses e até hoje não foram disponibilizadas informações sobre os cargos e funções da nova Secretaria.

Ao final da reunião, também foi cobrada a questão da falta de equipamentos nas unidades, que inclusive passam por constantes motins e rebeliões. Diante disso, o Cel. Wilson informou que a compra de equipamentos como munições antimotins, bombas de efeito moral, EPIs, dentre outros, já foi autorizada e que será feita em breve. O SINDASP-MG destacou a urgência na celeridade neste processo de compra e envio para as unidades que estão, em sua maioria, completamente desguarnecidas.

Por fim, o SINDASP-MG deixou claro que pretende insistir nestas questões, além de inúmeras outras pautas que estão estagnadas, e que espera que todos os retornos dados nesta reunião sejam cumpridos o quanto antes.

SINDASP-MG cobra soluções urgentes para questões que se encontram estagnadas no Governo

Notícias relacionadas