Servidores da Segurança Pública se manifestam em frente à Cidade Administrativa

23 Fev 11:35 2019 Por SINDASP Imprimir

O SINDASP-MG participou ontem (22.02) do grande ato da segurança pública pelo pagamento do salário no 5º dia útil, o 13º salário integral e a recomposição salarial das perdas inflacionárias. Cerca de três mil servidores do Sistema Prisional, Socioeducativo, Polícias Civil e Militar e Bombeiros chamaram atenção do Governo, da mídia e da sociedade em um grande movimento que se iniciou na Praça da Estação e seguiu para a Cidade Administrativa.

Vários ônibus chegaram à Cidade Administrativa por volta de 14h30. Aos poucos os manifestantes foram tomando o hall de entrada do Palácio Tiradentes. Em seguida o caminhão de som chegou com as lideranças de classe que tiveram o apoio dos Deputados Estaduais Sargento Rodrigues, Delegado Eli Grilo, Coronel Sandro, Bruno Engler e dos Deputados Federais Subtenente Gonzaga, Cabo Junio Amaral, Lincoln Portela, Investigador Léo Motta e Alê Silva.

O Governador recebeu apenas os parlamentares que levaram as pautas das categorias para negociação. Após cerca de quatro horas de reunião, os servidores que aguardavam na área externa do Palácio, decidiram não esperar mais tempo pelas respostas e, por volta de 18h30, fecharam a Linha Verde, em frente à Cidade Administrativa.

O Governador apresentou proposta apenas em relação ao 13º Salário: pagar 80% do 13º salário dos servidores da Segurança Pública até maio e quitar os 20% restantes até junho. Os Deputados levaram a resposta aos servidores que conversaram entre si e optaram por não aceitarem a proposta apresentada. Sendo assim, as entidades de classe seguirão mobilizadas junto às categorias e darão sequência aos atos, com apoio dos Deputados, até que o Governador de manifeste favoravelmente às pautas dos servidores.

Por fim, os manifestantes liberaram a Linha Verde apenas às 20h30, após 2 horas de interdição, causando um engarrafamento quilométrico.  

Notícias relacionadas