Nota de esclarecimento sobre Boletim de Ocorrência

24 Nov 16:38 2018 Por SINDASP Imprimir

O SINDASP-MG vem, por meio desta, esclarecer sobre o Boletim de Ocorrencia nº  2018-046207644-001, que tem circulado nas redes sociais onde o Diretor Financeiro Daniel Anunciação contesta o empréstimo de R$22.000,00 (vinte e dois mil reais) feito no dia 09.07.2018 em nome do Presidente Adeilton que foi destinado ao pagamento da folha de funcionários. O Diretor Financeiro alega que o empréstimo foi feito sem anuência da Diretoria Executiva.

Diante disso, esclarecemos os fatos: Nos meses de maio, junho e julho, em decorrência de enormes e sussetivos atrasos dos repasses às entidades sindicais por parte do Governo, as contas do Sindicato ficaram extremamente prejudicadas, inclusive as folhas dos funcionários.

Diante deste atraso, e da necessidade de colocar o pagamento salarial do quadro de funcionários em dia, que chegaram a ficar com quase dois meses de atraso, o Presidente do SINDASP-MG, com anuência dos Diretores Carlos Alberto Nogueira e Anita Fernandes Tocafundo, registrada em documento, realizou um empréstimo junto ao Sindpúblicos no valor de R$22.000,00. Ressalta-se que na data do empréstimo (09.07.2018) o Sindicato possuia apenas R$ 112,07 em conta.

O valor emprestado em cheque foi imediatamente sacado e o dinheiro destinado, praticamente em sua integralidade, à folha de funcionários, além de outras pequenas despesas do Sindicato, conforme documentos comprobatórios (comprovantes, recibos e contracheques) aqui publicados.

O Sindicato então, se comprometeu a devolver a quantia assim que recebesse os repasses das contribuições sindicais dos meses subsequentes. Sendo assim, no repasse referente ao mês de agosto, o SINDASP-MG pagou R$10.000,00 dos R$22.000 devido ao Sindpúblicos, e já no mês de outubro quitou os R$12.000,00 restantes da dívida, com anuência dos Diretores da executiva.

Diante do exposto, reafirmamos que todos os pagamentos foram contabilizados e feitos em conformidade com as necessidades da entidade. Nenhum valor, conforme registrado nos documentos publicados, foi retirado para outros fins ou sem anuência da Diretoria. Estas informações também podem ser verificadas junto à empresa de contabilidade responsável pelas contas do sindicato.

Notícias relacionadas