Fuga de presos no Presídio de Teófilo Otoni reforça a situação crítica da unidade levada à SEAP após inspeção sindical

5 Dez 12:54 2017 Por SINDASP Imprimir

Mesmo com todos alertas e pedidos de intervenção da SEAP, reforçados a todas as autoridades responsáveis pela gestão e fiscalização do Sistema Prisional, após a Inspeção Sindical realizada no último dia 23 de novembro, o Presídio de Teófilo Otoni foi cenário da fuga de três presos na madrugada de hoje (05.12).

A inércia da SEAP é comprovada mais uma vez e está levando o Sistema Prisional ao caos. A unidade está com um déficit altíssimo de servidores. A situação não passa da concretização de tudo que foi relatado à SEAP. 

O Presidente do SINDASP-MG entregou um relatório detalhando todas as condições encontradas na unidade e solicitando a intervenção urgente da Secretaria. Mas, como sempre, nosso secretário se manteve inerte e não deu nenhuma atenção à gravidade dos fatos.

Novamente, o SINDASP-MG leva à Secretaria a situação que requer uma intervenção URGENTE na unidade e a recaptura dos fugitivos evitando que este cenário se agrave ainda mais.

Notícias relacionadas