EXCLUSÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NÃO DESMOBILIZA A LUTA CONTRA A PEC

23 Mar 14:50 2017 Por SINDASP Imprimir

A FENASPEN, através do SINDASP-MG, se posiciona, por meio desta nota, diante do anúncio do presidente da República Michel Temer de que os servidores públicos municipais e estaduais da PEC 287 serão excluídos do texto. Vemos esta mudança, claramente, como uma tentativa de enfraquecer o movimento contrário à Reforma da Previdência.

Diante disso, o SINDASP-MG informa a todos que nossa luta não acabou. Não deixaremos que este anúncio desmobilize nossa categoria. Não sejamos egoístas a ponto de deixar passar um projeto de tamanha covardia e desrespeito aos direitos dos trabalhadores apenas por termos sido retirados do texto da proposta do Governo Federal.

Além disso, a exclusão dos servidores públicos municipais e estaduais da PEC 287 transfere a responsabilidade da realização de reformas na Previdência dos servidores para os Estados e Municípios, ou seja, vamos deixar o futuro de nossas aposentadorias nas mãos do “bondoso” Governo de Minas.

O Vice-Presidente da FENASPEN e Presidente do SINDASP-MG, Adeilton Rocha, e o Diretor também de ambas entidades, Carlos Alberto, estão em Brasília dando continuidade aos trabalhos de mobilização política. Os membros da Federação estão, desde a última terça-feira (21.03), no congresso nacional mobilizados junto aos nossos parlamentares para que a PEC 287 não seja aprovada!

Continuamos firmes na luta contra a Reforma da Previdência! 

Notícias relacionadas