Entidades de Classe da Segurança Pública dão continuidade às ações contra a Reforma da Previdência

10 Jul 19:07 2020 Por SINDASP Imprimir

O SINDASP-MG se fez presente na reunião entre as entidades e parlamentares representantes da Segurança Pública realizada na tarde de hoje (10.07) para deliberação das próximas ações contra a Reforma da Previdência.

Os representantes de classe deliberaram que não aceitarão e não participarão das audiências remotas propostas pela ALMG. Em um consenso, todas eles definiram que não é o momento de baixar a guarda mantendo-se mobilizados contra a PEC 55/2020 e o PLC 46/2020. Sendo assim, ficou determinada a realização de uma audiência pública informal na ALMG na próxima terça-feira (14.07), às 9h, para debater as propostas enviadas pelo Governador Zema. Na ocasião, será deliberada uma possível manifestação conjunta na terça-feira seguinte, dia 21/07.

Diante das ações definidas, o SINDASP-MG CONVOCA todos os Policiais Penais de Belo Horizonte e região metropolitana que COMPAREÇAM na Audiência Pública da próxima terça-feira, às 9h, na ALMG. Aos Policiais Penais do interior, pedimos que mantenham-se mobilizados para a possível manifestação do dia 21, quando será necessário lotarmos a porta da Assembleia e tomarmos as ruas. A PRESENÇA de todos é essencial para a vitória. A verdadeira luta não é feita por meio de redes sociais.

 

Notícias relacionadas