Aprovado na ALMG o projeto que concede a reposição salarial dos servidores da Segurança Pública

19 Fev 21:04 2020 Por SINDASP Imprimir

Em um momento histórico, o Plenário da ALMG aprovou hoje (19.02), em segundo turno, o Projeto de Lei nº 1.451/2020, que trata da recomposição salarial dos servidores da Segurança Pública, com 66 votos favoráveis e apenas dois contrários. O SINDASP-MG esteve presente nas duas votações através dos Diretores Carlos Alberto e Daniel Anunciação.

Após anos de luta através uma grande mobilização conjunta originada, desde janeiro de 2016, da união dos parlamentares e líderes sindicais representantes da Segurança Pública, finalmente estes servidores terão seus salários corrigidos pelo executivo. 

O SINDASP-MG, na figura do Presidente Adeilton, acompanhou todo o processo de luta e negociação. Foram inúmeras manifestações, reuniões estratégicas de mobilização, tratativas com o Governo, em busca da correção das perdas inflacionárias dos servidores da Segurança Pública, que já estavam com seus salários congelados há anos. 

Durante este período foi necessário muita perseverança e paciência. Apenas no final do ano passado o Governo apresentou uma proposta aceitável que contemplasse as necessidades da categoria. No dia 22 de novembro, finalmente foi firmado um acordo entre o executivo e os representantes da classe, resultando no Projeto de Lei nº 1451/2020, que concede os seguintes reajustes:

- 13% (treze por cento), a partir de 1º de julho de 2020;
- 12% (doze por cento), a partir de 1º de setembro de 2021;
- 12% (doze por cento), a partir de 1º de setembro de 2022.

Os representantes da Segurança Pública envolvidos no movimento agradecem a participação de todos os servidores que apoiaram e se fizeram presentes em cada ato da mobilização. Agora o Projeto segue para a sanção do Governador Romeu Zema.

Foto: Benito Urbina

Notícias relacionadas